quarta-feira, 15 de fevereiro de 2012

Estupradores escutaram músicas religiosas para abafar gritos das vítimas

Os gritos de socorro das mulheres estupradas em Queimadas foram abafados por músicas religiosas.

As canções, fazendo menção a Deus, foram executadas pelos irmãos Luciano e Eduardo, e seus oito comparsas, quando promoviam violência sexual coletiva contra seis mulheres.

As revelações foram colhidas pela delegada Cassandra Duarte, titular da Delegacia de Homicídio de Campina Grande, durante as oitivas realizadas ontem com os integrantes do bando. Todos estão detidos.

A delegada disse que a cada dia se surpreende com as informações levantadas dos bastidores do crime, que culminou com a morte de duas mulheres - A recepcionista Michele Domingos da Silva, 29, e a professora Isabela Jussara Frazão Monteiro, 27.

“São detalhes da imensa crueldade”, disse a delegada.

As mulheres foram convidadas a participar da festa de aniversário de Eduardo. E o estupro coletivo seria um presente para o aniversariante, preparado pelo irmão Luciano e seus comparsas ao longo de quinze dias.




Fonte: Adriana Bezerra



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...