sexta-feira, 3 de fevereiro de 2012

Michel Teló e gravadora oferecem R$ 2 mil para paraibanas desistirem de autoria do hit 'Ai se eu te pego'

A gravadora Pantanal e os cantores Michel Teló e Sharon Acioly enviaram a João Pessoa uma advogada para negociar com as sete estudantes que criaram o refrão da música “Ai se eu te pego”.

A advogada, que se identifica como Carolina, fechou, um acordo sigiloso com três das estudantes do grupo- Amanda Cruz, Karine Vinagre e Aline Medeiros- e propôs às outras três- Maria Eduarda Lucena, Marcela Ramalho e Amanda Cavalcanti - a insignificante quantia de R$ 2 mil para que elas se calassem e esquecessem seus nomes na composição do refrão.

A sétima integrante do grupo, Thainá Braga, não está na disputa.

A negociação começou na tarde de quinta-feira, dia 2. Diante da proposta insignificante, Maria Eduarda, Marcela Ramalho e Amanda Cavalcanti se recusaram a aceitar os R$ 2 mil.

Foi então que a advogada Carolina disse que teria recebido um telefonema de Michel Teló e que o mesmo, que está em turnê pela Europa, teria autorizado aumentar o valor para R$ 33 mil. E que era “pegar ou largar”.

Hoje (3), Maria Eduarda, Marcela Ramalho e Amanda Cavalcanti se reuniram com o seus advogados e decidiram que não aceitariam a proposta da Pantanal, de Michel Teló e de Sharon Acioly e que vão brigar na justiça.

As estudantes afirmam que não é justo que seus nomes fiquem fora da autoria do refrão, que foi criado em junho de 2006, quando todas elas faziam uma viagem de 15 anos em Orlando (Estados Unidos).


Assista ao vídeo click aqui



VEJA TAMBÉM:

DEU NO UOL: Estudantes da PB reivindicam autoria do sucesso mundial do momento "Se Eu Te Pego" Veja o vídeo!



Fonte:Hyldo Pereira



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...