quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012

Polícia Civil invade casa errada na operação “Aahbran” em Patos

Uma operação conjunta das policias Civil e Militar denominada “Aahbran”, para combater o tráfico de drogas e porte ilegal de armas, na manhã desta quinta-feira (16), em Patos, resultou em um erro de alvo.

O autônomo Dinaldo Batista da Silva, 42 anos, conhecido por “Novinho”, morador da Trav. Augusto dos Anjos, no bairro Santo Antônio, afirma que os policiais invadiram a residência errada sem mandado de busca e apreensão, causando pânico e constrangimento.

De acordo com ele, utilizando armas de grosso calibre, os policiais civis teriam invadido sua residência, para só depois constatarem que estavam no endereço errado.

“Uma equipe de policiais civis chegou, às 04h da manhã, fortemente armados, procurando por um tal de “Pirulito” e sem apresentar nenhum mandado de busca e apreensão, invadiram minha casa derrubando a porta e botaram eu, a mulher e minha mãe, sob a mira das armas na frente dos meus filhos adolescentes”, relatou Dinaldo.

Cerca de 200 homens participaram da operação policial coordenada pelo Delegado Cristiano Jaques e Coronel Almeida Rosas, contando ainda com o apoio dos oficiais Cunha e Dedeu. Foram cumpridos 48 mandados de busca e apreensão expedidos pelo Juiz Henrique Jorge Jacome de Figueiredo, substituto da 2ª, Vara da Comarca de Patos.

Os mandados foram cumpridos nos bairros: Vitória, São Sebastião, Milindra, Alto da Tubiba, Monte Castelo, Jatobá, Mutirão, Brega, Morro, Placas, Bivar Olinto e Sete Casas, locais esses que se definem como área onde o poder da criminalidade é maior. Foram presas 20 pessoas, sendo 13 homens e sete mulheres.


Fonte: Airton Alves/Rádio Sertão Am



Seja o primeiro a comentar!

Comentarios(s):

#