quarta-feira, 15 de fevereiro de 2012

Prefeito é multado em mais de R$ 300 mil

O Tribunal de Contas da Paraíba reprovou as contas do prefeito de Juazeirinho Bevilacqua Matias Maracajá, em 2010 por saldo bancário não comprovado, despesas também sem comprovação com o INSS e com o aluguel de caçambas. Além de ser condenado pelo TCE ele recebeu duas multas no valor de R$ 269.157,79 e R$ 38.777,89.

O mesmo prefeito teve, também, as contas de 2009 desaprovadas pelo TCE por irregularidades que envolveram aplicações em Manutenção e Desenvolvimento do Ensino (MDE) e Remuneração e Valorização do Magistério (MDE) abaixo do limite mínimo constitucional.

A ele, também foi imputado o débito de R$ 38.777,89, resultante de despesas não comprovadas com o recolhimento de empréstimos consignados.

A decisão ainda cabe recurso.


Fonte: Priscila Andrade com assessoria do TCE



Seja o primeiro a comentar!

Comentarios(s):

#