Facebook

Chuva alaga ruas em Patos, mas não eleva nível de açudes

De acordo com a meteorologista da Aesa, Marle Bandeira, precipitações como essa, isoladas e irregulares, são características da época no Sertão da Paraíba e devem continuar até o mês de maio.

A chuva rápida e intensa pegou muitos sertanejos paraibanos de surpresa na noite do último sábado (23). Na cidade de Patos, choveu das 21h30 do sábado até quase 1h do domingo, e com isso, algumas ruas ficaram alagadas, entre elas a Rua Jarbas Moura, no bairro Novo Horizonte. De acordo com a meteorologista da Agência Executiva de Gestão das Águas (Aesa), Marle Bandeira, precipitações como essa, isoladas e irregulares, são características da época no Sertão da Paraíba e devem continuar até o mês de maio.

A Aesa só deve contabilizar hoje os índices pluviométricos ocorridos no final de semana, mas a meteorologista Marle Bandeira adiantou os números captados pelas estações automáticas. Em Patos, a estação registrou 8,4 milímetros de chuva; em Pombal, foram 2,6 milímetros e em Cajazeiras, 2,8 milímetros. “Os números captados pelas estações mostram uma chuva fraca, mas não significa necessariamente que só choveu isso, porque as precipitações são muito isoladas. Com certeza, em Patos, choveu bem mais, mas em outras áreas”, afirmou.

De acordo com o jornalista Cícero Araújo, morador da cidade de Patos, em bairros como Novo Horizonte, a chuva foi intensa, mas não chegou a elevar o nível dos reservatórios Jatobá e Farinha. “Esse tipo de chuvas, rápidas, isoladas e irregulares são comuns de fevereiro a maio no Sertão do Estado. Passam alguns dias sem chover e depois algumas cidades têm precipitações novamente”, explicou Marle.

Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia, a previsão do tempo para a Paraíba hoje é de céu nublado a parcialmente nublado, com possibilidade de chuvas isoladas no Sertão e Litoral. A temperatura deve variar de 20° a 36°.



Fonte: Correio da Paraíba



Tecnologia do Blogger.