terça-feira, 20 de outubro de 2015

Índia é presa suspeita de matar enteado com golpes de canivete e enxada na PB

Uma índia de uma aldeia de Marcação (Litoral Norte do estado, a 66 km de João Pessoa) foi presa, nessa segunda-feira (19), suspeita de matar o enteado com golpes de canivete e enxada. De acordo com o capitão Alberto Filho, o crime aconteceu na noite do domingo (18) e a suspeita, de 54 anos, contou com ajuda do filho e da nora, de 20 anos.

Ainda conforme o policial militar, a família trabalha com a captura e venda de crustáceos e o crime teria acontecido após uma discussão envolvendo a quantidade de carne de siri que ficaria para cada pessoa. “Eles começaram a brigar e então a índia, junto com o filho e a esposa dele, agrediram o enteado com golpes de canivete e enxada. O rapaz chegou a ser socorrido para um hospital, mas acabou não resistindo aos ferimentos”, explicou o capitão Alberto Filho.

Apesar de o crime ter ocorrido no domingo, a polícia só foi informada do ocorrido nessa segunda-feira. “A índia disse ao pessoa da aldeia que a briga tinha sido só entre o filho e o enteado e que não queria chamar a polícia. Mas depois de saber da morte da vítima, os outros índios da aldeia me telefonaram e contaram o que houve”, completou o policial.

Quatro viaturas da Polícia Militar foram enviadas até a aldeia para apurar a ocorrência. Na frente das duas suspeitas, vizinhos afirmaram que elas também tinham participado do crime e as mulheres acabaram confessando, segundo o capitão Alberto Filho.

As duas mulheres foram presas e levadas para a delegacia de Rio Tinto. Já o terceiro suspeito, que também é índio, permanecia foragido até a manhã desta terça-feira (20).

Fonte Portal Correio


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...