quarta-feira, 14 de outubro de 2015

Mãe, padrasto e mais duas pessoas são presas por morte de menino em Sumé

A mãe e o padrasto do garoto de 5 anos encontrado morto na manhã desta terça-feira (13) no município de Sumé foram presos pela morte da criança. Outras duas pessoas também foram presas por suspeita de participação no caso. Os quatro tiveram que ser levados para a delegacia seccional de Monteiro depois que populares fizeram tumulto na frente da delegacia de Sumé e ameaçaram invadir a unidade para linchá-los.

Para ampliar as investigações, a polícia deve pedir à Justiça para converter a prisão em flagrante em prisão temporária, que seria por 30 dias, pois ainda não foi possível individualizar a participação dos suspeitos, que negam o crime.

De acordo com a Polícia Civil, a mãe do menino, Laudenice dos Santos Siqueira, 22 anos, mostrou-se fria e tranquila durante os depoimentos, não aparentando o estado emocional de alguém que perdeu o filho de uma forma tão violenta. Ela afirma que o padrasto, Daniel Ferreira dos Santos, 31, saiu com a criança no domingo passado. Os relatos iniciais davam conta que a criança havia desaparecido no domingo e teria sido encontrada na manhã desta terça-feira (13) pelo próprio padrasto. Um fato curioso relatado pela polícia é que ao encontrar o menino, em vez de procurar a polícia, o padrasto teria comunicado às rádios de Sumé.

A polícia trabalha com três linhas de investigação: assassinato por magia negra, homicídio praticado por um doente mental e morte por vingança, já que o amigo da família havia jurado a mãe da criança de morte por ela ter deposto contra ele.

Além do pai e da madrasta, um doente mental, João Batista Alves de Sousa, e um amigo da família, Denivaldo Santos Silva, foram os outros dois presos. E uma quinta pessoa envolvida com o crime estaria foragida.



Fonte Grupo Plantão de Polícia


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...