sábado, 12 de dezembro de 2015

Deputado paraibano Wellington Roberto parte para cima e quase sai no tapa com petista [VÍDEO]

Em uma sessão tensa do Conselho de Ética da Câmara, na manhã desta quinta-feira (10), os deputados Zé Geraldo (PT-PA) e Wellington Roberto (PR-PB) quase partiram para a agressão física durante uma discussão sobre o painel de registro de presença.

Eles tiveram que ser apartados por parlamentares e chegaram a ser separados por seguranças.

A sessão chegou a ser suspensa por alguns minutos. Wellington Roberto (PR-PB) e Zé Geraldo (PT-PA) baterem boca e foram contidos pelos colegas para que não se enfrentassem fisicamente.

Acusações sobre possíveis manobras no Conselho de Ética por parte de aliados do presidente, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), geraram o conflito entre os parlamentares.

A briga iniciou-se após questionamento do deputado Paulo Azi (DEM-BA) sobre um requerimento para que o conselho de ética pedisse o afastamento de Cunha da Presidência da Câmara, por acusações de que ele estaria usando o cargo para atrapalhar o andamento do processo contra ele.

A discussão começou quando Roberto criticou a possibilidade do requerimento. "Isso é um golpe", disse. Zé Geraldo devolveu: "A turma do Cunha quer bagunçar aqui hoje. É tudo bagunceiro", afirmou o petista.

Os dois partiram para o enfrentamento físico após acusações mútuas de que um teria tocado o outro. Eles estão sentados em fileiras próximas no plenário do conselho. "Você fala o que você quiser, mas não me toque", disse Geraldo. "Macho nenhum vai tocar em mim", afirmou Roberto.

Depois de serem segurados, continuaram batendo boca. "Você que me meteu a mão", gritou Roberto. "Meti coisa nenhuma", revidou Geraldo. A turma do "deixa disso" entrou em ação para apaziguar a briga.

Depois de a situação ter acalmado, Araújo pediu respeito aos deputados e informou que iria pedir o vídeo e o áudio para conferir o que aconteceu. "O Conselho de Ética não pode ser palco de incidentes como esse. Aqui jamais poderá ser transformado num ringue. Deve ser um local de conversa e diálogo. Aqui não é o lugar da disputa corporal, mas da palavra. Ninguém vai ganhar ninguém no grito", afirmou.



Fonte Do Wscom


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...