quarta-feira, 30 de dezembro de 2015

Mãe vive drama com suspeita de microcefalia em bebê, casos aumentam para 35 em Patos

A Maternidade Peregrino Filho informou que 35 casos suspeitos de microcefalia relacionados ao zika vírus estão sendo investigados em Patos e região.

A doença é uma má formação congênita em que os bebê nascem com a circunferência da cabeça menor ou igual a 32 centímetros, o que compromete o desenvolvimento do cérebro e da criança.

De acordo com dados da Secretaria de Saúde do Estado, 425 notificações já foram registradas em toda a Paraíba, onde desses, 19 já foram confirmados, 30 descartados e os demais continuam em investigação.

A agricultora Ducicleide Fernandes é uma das mães que vive a angústia da espera pelo resultado e contou que só soube do problema após o nascimento da filha, ela é reside na cidade de Catolé do Rocha e teve que vir à Patos para fazer exames no bebê com suspeitas da doneça. Ducicleide disse que foi diagnosticada com zika nos primeiros meses de gestação. "Tive gripe forte nos três primeiros meses e depois tive a zika. Nos exames que eu fiz durante a gravidez deu tudo normal", disse.

As mães dos bebês sob suspeita estão sendo entrevistadas por equipes da Maternidade, onde relatam os sintomas que tiveram durante o parto. Já os bebês, passam por exames laboratoriais para complementar os diagnósticos.

A Maternidade não informou quando os resultados serão divulgados.




Fonte maispatos


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...