quinta-feira, 7 de janeiro de 2016

Após rebelião, detentos do Sertão são transferidos para João Pessoa

Agentes penitenciários encontraram 20 espetos durante revista no presídio.
Banho de sol e visitas estão suspensas nos próximos dias, diz diretor.

Cinco presos suspeitos de envolvimento na rebelião e assassinato de um detento de 53 anos dentro do presídio Romero Nóbrega, na cidade de Patos, no Sertão Paraibano foram transferidos no início da noite desta quarta-feira (7) para o presídio PB1, em João Pessoa. De acordo com a direção da penitenciária, o crime está sendo investigado e outras transferências poderão acontecer nos próximos dias. A rebelião aconteceu na manhã de hoje.

Durante o turno da tarde, os agentes penitenciários realizaram uma revista no pavimento onde a rebelião aconteceu e encontraram 20 espetos artesanais, segundo informou o diretor do presídio, José Neto. Ele afirmou que o banho de sol e as visitas estão suspensas nos próximos dias, até que os danos causados sejam reparados.

“Na rebelião os presos quebraram paredes, queimaram colchões e danificaram estruturas de celas no pavimento dois do presídio, onde a ação foi concentrada. Já iniciamos a reforma para reparar os danos e isso deve levar alguns dias. Enquanto tudo não for concertado, os presos ficarão sem banho de sol e sem visitas”, disse o diretor José Neto.

Ainda de acordo com a direção do presídio, foi aberto um inquérito administrativo para apurar o homicídio do homem de 53 anos que estava preso suspeito estupro. As imagens das câmeras de segurança da penitenciária estão sendo analisadas e, segundo o diretor José Neto, 15 presidiários que foram identificados em meio a rebelião estão sendo ouvidos.


Fonte Do G1 PB


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...