terça-feira, 5 de janeiro de 2016

Avô mata neto com tiro de espingarda após confundi-lo com ladrão na PB

Adolescente, de 15 anos, morreu após ser atingido por tiro no tórax.
Segundo polícia, idoso achou que neto fosse um ladrão de gado.

Um adolescente, de 15 anos, morreu na noite de segunda-feira (4), após ser baleado no peito pelo seu avô, de 86 anos, que o confundiu com um assaltante. O caso foi registrado no sítio Salgadinho, na Zona Rural de Alhandra, cidade na Região Metropolitana de João Pessoa. De acordo com a Polícia Civil, o neto, que morava com o avô, chegou em casa por volta das 22h50 (horário local). O avô estranhou a movimentação, acreditou que fosse um assaltante e atirou com uma espingarda calibre 32. O tiro atingiu o tórax do adolescente.

Conforme informações da Polícia Militar, o adolescente chegou a ser encaminhado para o hospital de Alhandra, mas não resistiu e morreu ao dar entrada na unidade. A arma usada pelo avô foi apreendida pela Polícia Militar no sítio e encaminhada para delegacia da cidade. O pai da vítima e filho do suspeito informou que o adolescente morava com o avô e que o sítio era alvo de assaltos constantemente.

“O idoso cria gado no sítio. Tivemos informações dos parentes dele que o roubo de animais no local é frequente. Talvez por conta disso o idoso tenha se assustado e achado que o neto era mais um ladrao de gado”, comentou o sargento Nunes, da 1ª Companhia Independente de Polícia Militar de Alhandra.

O caso foi registrado pelo delegado plantonista de Alhandra, Paulo de Oliveira Martins e o titular da delegacia, Francisco Basílio deve assumir as investigações. Após balear o adolescente, o idoso fugiu do local. Até a manhã desta terça-feira (4), a polícia continuava em busca do idoso.


Fonte Do G1 Paraíba


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...