segunda-feira, 8 de fevereiro de 2016

Condutor imprudente é pego no flagra a 181 km/h na PB; PRF notifica mais de 3 mil

A Operação Carnaval, da Polícia Rodoviária Federal, iniciada na última sexta-feira (5), já flagrou diversos abusos cometidos nas rodovias federais que cortam a Paraíba neste feriadão. Nos três primeiros dias de operação mais de 3,4 mil veículos foram flagrados com excesso de velocidade, incluindo um carro da marca Audi, observado trafegando a 181 km/h na BR-230, na tarde da última sexta-feira (5). Dentre outras irregularidades, os agentes encontraram motociclistas conduzindo os veículos sem usar capacete, crianças sendo transportadas sem a cadeirinha e falta do cinto de segurança. Além dessas condutas irregulares, 30 pessoas foram flagradas dirigindo sob influência de álcool.


A imprudência tem sido a marca do período. Na BR-230, além do veículo flagrado a 181 Km/h, outros abusos também foram verificados. Em trechos onde a velocidade máxima permitida era de 100 km/h, os agentes rodoviários capturaram velocidades de 169, 164, 159 e 157 km/h. Irresponsabilidades também foram cometidas por profissionais do trânsito. Um caminhão estava circulando a 144 km/h e um motorista que realizava transporte de produto perigoso se deslocava a uma velocidade de 116 km/h, quando a máxima permitida era de 80 km/h. Em outros casos, vans, ônibus e microônibus também foram autuados por dirigir em excesso de velocidade.

Nos casos mais graves, com mais de 50% da velocidade máxima da via excedida, o Código de Trânsito Brasileiro prevê infração gravíssima, o condutor acumula 7 pontos na CNH e sofre a penalidade de multa no valor de R$ 574,62, além da suspensão imediata do direito de dirigir e apreensão do documento de habilitação.
A cada 26 testes de alcoolemia, um condutor foi encontrado dirigindo sob influência de álcool. Já na primeira metade da Operação, 796 testes do bafômetro haviam sido realizados e 30 condutores foram tirados do volante por dirigirem embriagados. Dentre estes, seis motoristas foram encaminhados à Delegacia de Polícia Civil por cometerem o crime de embriaguez ao volante.

O caso mais extremo de embriaguez aconteceu na cidade de Patos, sertão paraibano. Durante uma ronda, os policiais perceberam uma caminhonete Volkswagen Saveiro ziguezagueando na rodovia e quase colidindo com outros dois veículos. Ao realizar a abordagem, os agentes se deparam com um homem de 70 anos com visíveis sinais de embriaguez e afirmando que havia tomado uma grande dose de cachaça. O valor medido no teste foi 1,45 mg/L, 480% a mais do valor que já é considerado crime.

Acidentes

Dos 24 acidentes registrados nos três primeiros dias de operação pela PRF na Paraíba, em 17 deles 31 pessoas se feriram e apenas dois acidentes foram considerados graves. Mortes não foram registradas.

A PRF orienta os condutores que redobrem a atenção no retorno do feriadão. As fiscalizações permanecerão intensificadas até o fim da operação, à meia noite do dia 10.



Fonte Portal Correio


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...