quinta-feira, 25 de fevereiro de 2016

Sobrinho mata tio e deixa dois feridos em briga por herança, na PB

Três homens foram baleados em frente à Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU), em João Pessoa. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado e enviou ambulância até o local do crime.


Uma das vítimas foi socorrida por carro particular até o Hospital de Emergência e Trauma da Capital. Outra pessoa ferida também foi internada na unidade, após ser socorrida pelo Samu.

Um homem morreu antes de ser hospitalizado. A Polícia Militar conseguiu capturar três suspeitos de autoria dos crimes de homicídio e tentativa de homicídio. De acordo com a PM, na ação foram apreendidos uma pistola calibre 380 e um revólver calibre 38, além de três munições intactas e duas deflagradas.

Uma briga familiar teria sido o motivo do tiroteio que deixou um homem morto e outros dois feridos no bairro do Varadouro, em João Pessoa, na manhã desta quarta-feira (24). Segundo a Polícia Militar, o homem que morreu era tio de dois dos suspeitos, que foram presos e confessaram o crime. Os três presos foram levados para a Central de Polícia Civil e o caso está sendo investigado pela Delegacia de Homicídios.

Segundo a polícia, o caso aconteceu por volta das 10h15. No local do tiroteio funciona um ponto informal de venda de veículos. Testemunhas contaram aos policiais que os três suspeitos chegaram em um carro e um deles desceu já atirando nas vítimas. O trio foi encontrado e preso minutos depois do crime.

De acordo com o major Jobson Vinícius, subcomandante do 1º Batalhão de Polícia Militar, que atendeu a ocorrência, dois dos suspeitos, de 23 e 27 anos, são irmãos, e contaram à polícia que o tiroteio de hoje seria uma vingança pelo fato de que a vítima havia matado o próprio irmão, pai dos suspeitos, há algum tempo. Ainda segundo o policial, os motivos da briga entre os familiares seria uma questão financeira.

O capitão da PM Sidnei Paiva informou que com os suspeitos foram encontradas duas armas de fogo, uma delas com o número de série raspado, que teriam sido usadas na ação. Além dos irmãos, um jovem de 20 anos também foi preso. Ele contou à PM que não teria envolvimento com o caso e que teria sido chamado apenas para dirigir o veículo em que os irmãos estavam. Ainda segundo o capitão, os outros dois homens, de 36 e 37 anos, que ficaram feridos, não eram alvos dos suspeitos e foram atingidos porque estavam próximos da vítima que morreu.

Eles foram socorridos pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e levados para o Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa. Os primeiros boletins divulgados pela unidade, informavam que o quadro clínico dos dois era considerado grave, e que as vítimas passavam por cirurgia por volta das 11h. O novo boletim, atualizado no final da tarde informou que o estado dos dois homens não era mais considerado grave.





Fonte: Portal Litoral com G1


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...