domingo, 27 de março de 2016

Mãe que deu a luz em ambulância do SAMU de Catingueira visitará equipe para agradecer a assistência

Um acontecimento que vem se tornando cada vez mais comum foi registrado na madrugada da sexta-feira (25) no município de Catingueira, na região metropolitana de Patos, no sertão do Estado.

Uma jovem deu a luz a um bebê num parto feito pela equipe de socorristas do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência, o Samu, quando se deslocava para a maternidade Peregrino Filho, em Patos.

O acontecimento transformou o plantão da sexta-feira da Paixão num dia especial para a enfermeira Maria de Fátima, a técnica em enfermagem Maria do Socorro e o condutor Francimar.

A enfermeira Maria de Fátima contou a reportagem que por volta das 03:20m da madrugada a equipe recebeu uma chamada e ao chegar ao local encontrou uma jovem de 20 anos em uma ambulância do município de Olho D'água que já estava em trabalho de parto.

"A ambulância em que a mãe vinha era simples, não tinha equipamentos e ela estava acompanhada somente do motorista e do marido. Nós fizemos o atendimento. Realizamos os procedimentos necessários e correu tudo bem", disse Fatinha, como é mais conhecida.

A ambulância do Samu de Catingueira, de acordo com Fatinha, possui um quite com todos os equipamentos que existem numa maternidade para serem utilizados num parto.

A enfermeira do Samu contou, ainda, que a mãe colaborou bastante e que era o segundo filho que ela tinha de parto normal. "Isso ajudou muito porque ela já tinha experiência, ou seja, já tinha passado pela situação".

O bebê é do sexo masculino e terá o nome de Pedro. O menino recebeu neste sábado (26), já na maternidade Peregrino Filho, a visita da técnica de enfermagem Maria do Socorro.

Para a equipe que fez os procedimentos do parto e ajudou Pedro a vir ao mundo não existem palavras para explicar o sentimento de satisfação que sentiram. "A sensação é indescritível. A emoção é tamanha a ponto da gente não encontrar palavras para expressar", desabafou Fatinha.

Ela informou que a mãe de Pedro é de origem humilde e mora na zona rural do município de Olho D'água. Fatinha revelou, ainda, que quando receber alta médica, prevista para a próxima segunda-feira (28), a paciente visitará a equipe do Samu de Catingueira para agradecer a assistência e o carinho que recebeu.







Fonte Luciana Rodrigues
Portalpatos



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...