terça-feira, 22 de março de 2016

Polícia prende suspeitos de matar diretora de cadeia na Paraíba

Dois homens foram presos na manhã desta terça-feira (22) suspeitos de envolvimento na morte da diretora da Cadeia Pública de Ingá em outubro do ano passado. A polícia prendeu o homem identificado como mandante do crime na cidade de Itatuba, no agreste do estado, e um dos executores no Bairro José Américo, em João Pessoa.

As prisões fazem parte da Operação Sentinela, deflagrada pelas polícias Civil e Militar. A polícia apontou que o crime foi motivado por retaliação e desejo de vingança.

O homem que é considerado mandante do crime ainda é investigado por uma tentativa de homicídio na cidade de Itatuba e suspeito de já ter atuado em uma milícia no Rio de Janeiro. O terceiro homem envolvido no crime ainda não foi localizado.

A polícia afirma que o mandante do crime, que tem uma empresa de segurança em Itatuba, resolveu expandir os negócios para Ingá. A diretora da cadeia, ao perceber irregularidades na empresa, resolveu denunciar as práticas ilícitas. O homem, então, resolveu contratar outros dois homens para executar a mulher.

Os suspeitos foram levados para a Central de Polícia, no Bairro do Geisel e devem ser transferidos para um presídio ainda nas próximas horas.

O crime – em outubro de 2015, a diretora da Cadeia Pública de Ingá, Córdula Veloso Borges, trafegava normalmente pela BR-230, próximo à cidade de Juarez Távora, quando teve sua passagem fechada por um carro. Os ocupantes do carro teriam alvejado o outro veículo e conseguido acertar quatro tiros na vítima.

Fonte clickpb


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...