quarta-feira, 27 de abril de 2016

Energia solar deverá abastecer casas do Sertão da Paraíba em até cinco anos

O semiárido paraibano vai ganhar cinco parques solares que irão oferecer energia elétrica para casas da região. Os parques devem ficar prontos em até cinco anos e serão construídos nos municípios de Malta e Coremas, ambas no Sertão da Paraíba.

O diretor da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), André da Nóbrega, explica que a forte radiação na região possibilita vantagens para a utilização da energia solar. Ele lembra que o semiárido nordestino é uma das regiões com mais incidência de raios solares em todo planeta, e que a Paraíba se destaca mais que outros estados neste aspecto.

“O que ainda dificulta a exploração deste recurso natural é o investimento na aquisição dos equipamentos, especialmente, das placas fotovoltaicas que são importadas, o que pode ser facilitado com o financiamento público e com políticas tributárias específicas”, ponderou Nóbrega, durante o 2º Fórum da Energia Solar e 2ª Conferência Regional da Sustentabilidade Ambiental, eventos realizados na semana passada, em Pombal.

Para o presidente da Comissão de Desenvolvimento, Turismo e Meio Ambiente da ALPB, deputado Jeová Campos, é necessário que os governos atentem para a necessidade de investimento em energia solar.

Os governos precisam se dar conta de que o sol é um parceiro na geração de energia que não pode mais ser desprezado”, disse Jeová, que defende o financiamento e políticas tributárias, como a desoneração do Imposto sobre a Comercialização de Mercadorias e Serviços(ICMS), para aquisição de placas fotovoltaicas.

Além do diretor da Aneel e do deputado, participaram dos eventos em Pombal membros de instituições de ensino e pesquisa, de instituições públicas e privadas, ONGs, empresários, órgãos de fomento, políticos, além de dirigentes, docentes e estudantes de ensino municipal, estadual e federal.



Fonte portalcorreo


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...