quinta-feira, 7 de abril de 2016

Homem é preso na PB com radares roubados de rodovias federais

Ele foi funcionário de uma empresa que prestava serviço ao DNIT.
Polícia apreendeu equipamentos avaliados em cerca de R$ 30 mil.

Um homem de 26 anos foi preso nesta quarta-feira (6) em Campina Grande com três câmeras de fiscalização eletrônica roubadas. O equipamento é utilizado pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) às margens das rodovias federais que cortam a Paraíba para monitorar a velocidade dos carros. Cada câmera tem um valor estimado em R$ 10 mil, conforme explicou o delegado da Roubos e Furtos, Cristiano Santana.

Segundo o delegado, o suspeito foi funcionário de uma empresa que presta serviços ao DNIT por um ano e meio e se aproveitava do acesso que tinha como técnico operacional para furtar as câmeras. Ele foi autuado em flagrante por receptação e, de acordo com Santana, ele confessou o crime.

“A gente já vinha investigando o caso porque estava ocorrendo um aumento no número de câmeras de radar roubadas. Ele já estava anunciando o equipamento em sites de venda na internet e isso ajudou a polícia a localizar e identificar esse ex-funcionário”, explicou o delegado.

Santana informou que, durante o depoimento, o suspeito afirmou que, além do material que ele mesmo se apropriou enquanto trabalhava, ele também recebia produtos de outras pessoas. Por isso, a polícia investiga a existência de uma associação criminosa operando no estado



Fonte g1 paraiba


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...