terça-feira, 31 de maio de 2016

CNJ arquiva representação contra Moro feita por deputado paraibano

A corregedora nacional de Justiça, ministra Nancy Andrighi, arquivou a representação movida pelo deputado estadual Anísio Maia (PT-PB) que pedia que o juiz Sérgio Moro fosse declarado suspeito por sua atuação na Operação Lava Jato. Ele afirmou que estuda recorrer da decisão.


O parlamentar acredita que a condução coercitiva cumprida contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva foi desnecessária. Ele também critica outras posturas do juiz na condução da Lava Jato.

"Não tem conteúdo que justifique a prática que ele [Sérgio Moro] tem desenvolvido no Brasil, não só contra o ex-presidente Lula. Acho que é muito ruim a forma como o judiciário está se comportando. É uma verdadeira ditadura", diz.

Fonte Portal Correio


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...