sábado, 21 de maio de 2016

Dupla acusada de arrastões em postos na PB morre após furar bloqueio policial

Erinaldo Nunes Santana, de 30 anos, e Ednaldo Alves da Silva, de 40, morreram, nessa sexta-feira (20), após furarem bloqueio montado pela polícia na PB 071, no trecho que liga a cidade de Jacaraú à BR 101.

De acordo com informações, ao perceber o bloqueio policial a dupla tentou fugir em alta velocidade, mas acabou perdendo o controle do veículo, que capotou. Após o acidente, um dos suspeitos saiu do carro e iniciou uma troca de tiros com a polícia, que revidou para render os acusados.

Um suspeito acabou atingido durante a troca de tiros. O outro ficou bastante ferido por conta do capotamento do veículo. Os dois chegaram a ser socorridos pelos próprios policiais e encaminhados para o hospital de Mamanguape, mas não resistiram e morreram.

Com a dupla, a polícia apreendeu três bananas de dinamite, um revólver calibre 38, duas furadeiras, um alicate para destruir cadeados, ferramenta pé-de-cabra e duas balaclavas (touca para esconder o rosto). Eles eram suspeitos de realizar arrastões em postos de combustíveis das cidades de Duas Estradas e Lagoa de Dentro, no Litoral Norte da Paraíba.

Segundo levantamentos da Polícia Militar, a dupla vinha sendo apontada como responsável por vários assaltos a estabelecimentos comerciais, casas e moradores dos municípios de Duas Estradas, Pedro Régis, Jacaraú e Mamanguape. O carro em que eles estavam tinha a placa clonada de Pernambuco e outras placas do mesmo estado foram encontradas dentro do veículo.






Fonte MaisPB


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...