sexta-feira, 20 de maio de 2016

Polícia prende vereador de Matureia suspeito de ser mandante de assassinato. Ele se defende. OUÇA.

No final da manhã desta sexta-feira (20/05), por volta das 11 horas, em mais uma ação integrada entre a equipe da DHE/GTE da Polícia Civil de Patos e o Núcleo de Inteligência da Polícia Militar de Patos, efetuaram a Prisão de WESLEY TAVARES DE SOUSA, NORMAELIO DE LIMA RODRIGUES E JOSE INACIO RODRIGUES DE LIMA.


Em poder de INACIO foi apreendido um rifle calibre 44, além de diversas munições.

Essa ação policial teve início após um homicídio ocorrido naquela cidade em Setembro de 2014, onde figurou como Vitima Welton Victor Lima, 17 anos.

Foi designada a Delegacia de Homicídios e Entorpecentes de Patos em abril de 2016, afim de investigar em caráter especial, fazendo assim as devidas representações que incorreram com a Prisão dos acusados, através dos Mandados de Prisão.

A motivação teria sido por que Welton namorava a filha de NORMAELIO, o qual é vereador na cidade de Matureia, e não aceitava o relacionamento por questões raciais, bem como, por que WELTON vinha de família humilde.

Nesse crime o executor foi a pessoa de INÁCIO, que é sobrinho do vereador NORMAELIO. Na ocasião também foi apreendido um veículo clonado em poder dos acusados. Com isso todos foram encaminhados para delegacia para as providências cabíveis.


Veja o fato noticiado pelo portal G1:


Do G1 PB

Um adolescente de 16 anos foi assassinado na noite da quarta-feira (17) ao descer do carro para urinar em uma construção na PB-306, próximo ao município de Maturéia, no Sertão paraibano. De acordo com a Polícia Militar, o rapaz estava com um amigo quando foram surpreendidos por um homem em uma moto.
Segundo a PM, o crime aconteceu por volta das 19h. O adolescente e o amigo dele seguiam na estrada e resolveram parar para urinar em uma obra de construção de um posto de combustível, às margens da estrada. Ainda de acordo com a PM, assim que os dois desceram do carro e foram em direção ao posto, um homem em uma moto vermelha abordou os dois e atirou no rapaz.

A vítima foi atingida por seis tiros e morreu ainda no local. O amigo dele não foi atingido e conseguiu se esconder. Após os tiros, o homem que atirou subiu na moto e fugiu. A polícia esteve no local e realizou buscas, mas ninguém foi preso até as 7h30 desta quinta-feira (18). O caso foi encaminhado para investigação da Polícia Civil.

A reportagem da Rádio Espinharas, através do repórter Higo de Figueiredo, esteve no local e ouviu o delegado Diogo Beltrão, bem como o vereador acusado.








Fonte Sonora - Higo de Figueiredo (Rádio Espinharas)

Fotos - Higo de Figueiredo (Rádio Espinharas) e Fábio Diniz (Rádio Arapuã FM)



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...