sábado, 21 de maio de 2016

Seis bairros concentram maior índice de homicídio em Patos (54%)

Em levantamento atual realizado pelo 3º Batalhão de Polícia Militar da Cidade de Patos, no período de maio de 2015 a maio de 2016, relacionando e avaliando a violência no município, pôde-se analisar quais regiões da cidade possuem um índice maior de ocorrências e risco. A análise trabalhou com a informação da Secretaria de Segurança que divide a cidade de Patos em 21 (vinte e um) bairros mais a zona rural.

O levantamento analisou as ocorrências de Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLI), como homicídio e tentativa de homicídio, além de crimes contra a ordem pública como posse ou porte ilegal de armas e tráfico ou consumo de drogas.

Os bairros com maior índice de CVLI são: O São Sebastião, Centro, Liberdade, Monte Castelo, Jatobá e Belo Horizonte que juntos detém 54% das ocorrências de homicídio e tentativa de homicídio. Liderados pelo São Sebastião que dentre eles é o bairro com maior índice de crimes, registrando 40% das ocorrências. Outros bairros como Vitória, Dona Milindra, Vila Cavalcante e Placas também aparecem nos dados, porém, com número mais baixo de casos.

Em relação aos crimes de apreensão de armas e drogas os bairros Centro, São Sebastião e Liberdade aparecem com o maior índice de ocorrências. O 3º BPM apreendeu entre maio de 2015 até o decorrente mês somente na cidade de Patos 74 (setenta e quatro) armas e registrou 63 (sessenta e três) ocorrências com drogas, desde de consumo à tráfico onde cerca de 38% dos casos aconteceram nos bairros citados.

A pesquisa também aponta uma diminuição significativa no CVLI da cidade. No período de janeiro a maio de 2015 Patos apresentava 26 homicídios, no mesmo período em 2016 está registrado o número de 16 ocorrências, uma diminuição de 36% em relação ao ano passado. A cidade também atingiu hoje a marca de 20 dias sem registrar homicídios onde o último caso ocorrido aconteceu no dia 30 de abril.

Fonte Por Rosemberg Medeiros - patosverdade


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...