quarta-feira, 15 de junho de 2016

Mototaxista deixa motel sem pagar e mulher vai para delegacia na Paraíba

Uma enfermeira de 34 anos foi parar na Central de Polícia Civil, em Campina Grande, no Agreste paraibano, após ser abandonada por um mototaxista em um motel da cidade na noite desta terça-feira (14). O homem teria deixado a mulher no local, levando os documentos e cartões de crédito dela. Sem ter como pagar pelo consumo, a mulher foi levada para a delegacia.

De acordo com a delegada Karine Vasconcelos, que estava no plantão centralizado da delegacia e recebeu o caso, a mulher, que é casada, contou que foi com o mototaxista para um motel que fica na saída de Campina Grande, para a cidade de Queimadas, no Agreste paraibano.

“Eles passaram parte do dia lá e tiveram um consumo de R$570. Ela deu os documentos e o cartão de crédito para que o mototaxista pagasse a conta, mas ele teria errado a senha e o cartão bloqueou. Depois disso homem foi embora e deixou a mulher no local sem que a conta fosse paga”, disse a delegada.

Ainda de acordo com a Polícia Civil, a enfermeira ficou dormindo por um tempo e quando acordou ficou surpresa ao saber que a conta não havia sido paga. “Os responsáveis pelo motel trouxeram a mulher para a delegacia, com a Polícia Militar, e chegando aqui a enfermeira pediu que não fosse prestada a queixa, para que o marido não ficasse sabendo e isso não prejudicasse o casamento dela”, contou a delegada.

Segundo a Polícia Civil, ainda na noite desta terça-feira, um irmão da enfermeira foi até a delegacia e pagou a quantia referente a conta do estabelecimento. “Depois disso a representante do motel desistiu de prestar a queixa, em comum acordo. Nós ainda pedimos os dados do mototaxista, mas ela se recusou a falar. Ela ainda informou uma placa da moto, mas pelo que apuramos o mototaxista não é cadastrado na Superintendência de Trânsito de Transportes Públicos (STTP)”, frisou a delegada.

Fonte Artur Lira
Do G1 PB



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...