segunda-feira, 13 de junho de 2016

Polícia Rodoviária flagra adolescente de 15 anos dirigindo embriagada em Patos

Durante suas fiscalizações no final de semana, a Polícia Rodoviária Federal realizou a prisão de oito pessoas. Dentre os detidos estão uma adolescente de 15 anos e um senhor de 67 que foram flagrados dirigindo sob influência de álcool. Em outras três ocorrências distintas, os condutores não obedeceram à ordem de parada, empreendendo fuga, mas foram alcançados pelas equipes policiais. Outros três homens foram presos: dois por porte de droga e um por ser fugitivo da justiça.

Em ronda pela BR-230, no município de Patos, os agentes policiais avistaram uma motocicleta ziguezagueando pela rodovia onde quase se envolveu em acidente. Ao realizarem a abordagem, descobriram que a condutora da motocicleta possuía apenas 15 anos de idade e estava com visíveis sinais de embriaguez. A garota confessou ter ingerido duas cervejas e ter pego a motocicleta sem a anuência do proprietário. O resultado para o teste de bafômetro foi de 0,85 mg/L, índice considerado crime. A adolescente foi conduzida à delegacia de polícia e o Conselho Tutelar foi acionado.

Outro caso extremo de embriaguez ocorreu na BR-101, no município de Santa Rita. Um homem de 67 anos foi flagrado, sob efeito de álcool, dirigindo uma caminhonete Ford Ranger. Após proceder ao teste de etilômetro, o homem apresentou índice de 0,92 mg/L, valor considerado altíssimo.

EMBRIAGUEZ - Em três dias de fiscalização, 20 pessoas foram flagradas dirigindo sob efeito de álcool; 11 delas em Campina Grande e cidades vizinhas.

FUGAS FRUSTRADAS - Da capital ao Sertão, condutores que não obedeceram a ordem de parada da PRF foram presos.
Em João Pessoa, na BR-101, uma equipe da PRF avistou três motocicletas em alta velocidade transportando garotas como passageiras sem fazer uso de capacete. Ao receber ordem de parada, um dos condutores não obedeceu ao comando, retornando pelo acostamento, na contramão de direção. Após ter cruzado a rodovia, os agentes conseguiram interceptar a motocicleta. O homem confessou ter fugido por não possuir habilitação e a motocicleta estar com licenciamento vencido.

Já em Campina Grande, na BR-230, um homem conduzindo uma caminhonete Gm Montana, ao visualizar a viatura policial, realizou retorno e seguiu em velocidade pela contramão de direção. A equipe realizou acompanhamento tático conseguindo abordar o veículo. O condutor de 38 anos apresentava visíveis sinais de embriaguez e obteve como resultado no teste de etilômetro o valor de 0,46 mg/L, valor considerado crime.

No município de Pombal, Sertão paraibano, uma equipe policial visualizou uma motociclista transportando seu passageiro sem capacete. Depois de desobedecer ao comando de ordem de parada, o condutor saiu da rodovia federal, adentrando por uma rua lateral, trafegando em alta velocidade numa área escolar. Os agentes rodoviários conseguiram alcançar a dupla e os homens foram presos por trafegar em velocidade incompatível com a segurança ,direção perigosa e desobediência.


DROGAS E FUGITIVO - Ocorrências foram registradas na BR-230 em São Miguel de Taipu e em Campina Grande.

Em São Miguel de Taipu, um Volvo C30 com placas de Recife/PE foi abordado pelos policiais. Ao procederem busca no interior do veículo, um pacote contendo 10g de maconha foi encontrado. Configurado o porte de drogas e por se enquadrar em crime de menor potencial ofensivo, foi lavrado Termo Circunstanciado de Ocorrência para o condutor e passageiro.
Em Campina Grande, no acesso ao distrito de Galante um homem de 27 anos foi preso por possuir mandando de prisão em aberto expedido pela Vara de Execução Penal daquela comarca. O fugitivo havia cometido um crime de furto qualificado em abril deste ano.

IMPRUDÊNCIA NAS ESTRADAS -

724 veículos foram flagrados em excesso de velocidade só neste final de semana. O caso mais extremo ocorreu na BR 230, em Cruz do Espírito Santo, quando um veículo teve a velocidade de 181 km/h registrada por radar. Ainda no mesmo trecho, onde a velocidade máxima permitida era de 100 km/h, um motociclista quase perde o controle ao tentar encobrir a placa com uma das mãos. Nesse caso, foi registrada a velocidade de 154 km/h. Além da multa por velocidade, o motociclista foi autuado por transitar pelo canteiro central, mudar de faixa sem sinalizar (o intuito era não ter sua placa capturada) e também por conduzir motocicleta segurando guidom com uma mão.
Só este ano, quase 23 mil condutores foram flagrados conduzindo em excesso de velocidade nas rodovias federais que cortam a Paraíba.



Fonte


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...