quarta-feira, 27 de julho de 2016

‘Castigo’ a detentos do RN por delegado da Paraíba repercute na mídia nacional

Uma decisão punitiva aplicada pela Secretaria de Justiça e Cidadania do Rio Grande do Norte, que tem a frente o delegado paraibano, Walber Virgolino, chamou a atenção da mídia nacional. O assunto foi repercutido no Portal Uol, um dos maiores gerenciadores de conteúdo da América Latina.

De acordo com a matéria, os detentos de um pavilhão 2 da Penitenciária Estadual de Parnamirim, na região metropolitana de Natal (RN), estão de “castigo” por indisciplina e não podem usar qualquer eletrodoméstico ou produto eletroeletrônico, antes tolerados pela direção do local.

Foram retirados do pavilhão 210 ventiladores, 18 televisores e 18 equipamentos de som. Não há previsão para os equipamentos retornem às celas.

De acordo com Walber Virgolino, o mau comportamento dos detentos se deve as fugas e tentativas de fugas ocorridas nos últimos meses.

“Os equipamentos não são regulamentados pela lei. São tratados como ‘regalias’ que os internos de bom comportamento têm acesso e continuam a ter. Só em casos de indisciplina que as ‘regalias’ serão tiradas. Os familiares do interno podem pegar os equipamentos mediante comprovação”, disse Virgolino.

Segundo Virgolino, os presos terão de demonstrar bom comportamento diário para que a situação seja revista pela direção.

A penitenciária tem 564 presos que cumprem pena em regime fechado. O pavilhão 2, onde estão os presos indisciplinados, está com 210 internos. A capacidade máxima do presídio é de 288 vagas.

Walber Virgolino assumiu a pasta no RN no mês de maio deste ano após convite do governador Robinson Farias.



Fonte MaisPB com Uol


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...