sábado, 23 de julho de 2016

Polícia prende em flagrante acusado de agiotagem, no Sertão

A Polícia Civil da cidade de Catolé do Rocha, cumpriu um mandado de busca e apreensão na casa de um homem acusado de praticar agiotagem na cidade de Jericó, nesta quinta-feira (21), mas o fato só foi divulgado na noite desta sexta-feira (22).

Na residência do acusado foram encontrados a importância de R$ 14.600,00 (quatorze mil e seiscentos reais), mais de 50 (cinquenta) cartões magnéticos do Banco Bradesco, Caixa Econômica Federal, Bolsa Família e Cartões de Benefícios da Previdência Social, além de 321 (trezentas e vinte e uma) notas promissórias assinadas por terceiros.

De acordo com o delegado Antonio Neto, diante de todo o material apreendido, não resta dúvidas de que o homem emprestava dinheiro a juros de modo ilegal e como garantia fazia a retenção de seus cartões de crédito e benefício.

Estima-se que o agiota já movimentou mais de R$ 270.000,00 (Duzentos e setenta mil reais) em empréstimos indevidos e lesionou mais de 30 vítimas, que eram coagidas a entregar seus cartões com as respectivas senhas como forma de garantia para recebimento do empréstimo.

O acusado foi preso em flagrante por crimes contra a economia popular e crime contra o Estatuto do Idoso. Ele pagou fiança no valor de 10 (dez) salários mínimos, e responderá em liberdade pela prática dos delitos citados acima, podendo ser sentenciado a uma pena de 04 (quatro) anos de detenção.




Fonte PB Agora


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...