terça-feira, 5 de julho de 2016

Prefeito e vereadores de Teixeira terão aumento que chega a 33% nos próprios salários

O país inteiro vive uma crise financeira sem precedentes e para driblar a situação, algumas prefeituras da Paraíba decidiram diminuir os salários dos gestores e dos parlamentares de seus municípios, como é o caso de Água Branca, mas em contramão dessa realidade, a Câmara Municipal de Teixeira, região metropolitana de Patos, no sertão paraibano, aprovou aumento dos salários do prefeito, vice-prefeito, vereadores e até dos Secretários Municipais.

A decisão não agradou a população e o assunto tem repercutido bastante na cidade. De acordo com o vigilante Edson Santos, é injusto esse reajuste: “Quem é trabalhador, passa dia e noite tentando ganhar um trocado e , mas os vereadores que nem trabalham tanto assim vão ter esse aumento e que é pago por nós e isso é muito errado”, desabafou.

Atualmente o prefeito de Teixeira recebe um salário de 15 mil reais, e com a aprovação do Projeto, passará a receber um valor de 20 mil. Já os vereadores terão um reajuste de R$ 1.500, e a partir do próximo ano, receberão um subsídio de R$ 6,500.

O Projeto de Lei ainda prevê o aumento do salário do vice-prefeito para R$ 10 mil e dos secretários municipais para R$ 4 mil reais e o adjunto R$ 2 mil.

Mesmo sem saber quem fica ou não no cargo, a grande maioria dos vereadores votou a favor, e apenas um vereador votou contra o projeto de lei.

O Presidente da Câmara de Teixeira explicou que o aumento já é previsível, já que a cada quatro anos o reajuste é feito e que a insatisfação da população já é esperada.

A reportagem tentou contato com o Prefeito de Teixeira, Nego de Guri, mas por incompatibilidade de agenda, não foi possível o gestor conceder entrevista.

O aumento dos salários entra em vigor a partir de 2017.



Fonte maispatos


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...