quarta-feira, 14 de setembro de 2016

Ex-chefe de gabinete da Prefeitura de Patos vai para prisão domiciliar

A Justiça Federal decretou a prisão domiciliar da filha da prefeita de Patos, Ilanna Motta na noite desta terça-feira (13). Ela estava presa preventivamente desde a última sexta-feira (09) no 3° Batalhão da Polícia Militar de Patos, no Sertão paraibano.

Ilanna Motta, ex-chefe de gabinete da prefeitura de Patos, é investigada por supostas irregularidades em licitações e contratos públicos de locação de veículos realizados pela administração municipal. Durante a "Operação Veiculação'', foram presos os prefeitos de São José de Espinharas, Renê Trigueiro Caroca, e José William Segundo Madruga, de Emas.

O advogado de Ilanna Motta, Halen Roberto, informou que a Justiça aceitou um requerimento da defesa para encaminhar a investigada para prisão domiciliar e que "ao longo das investigações a cliente vai provar a inocência". Ela está em uma casa em Patos. Já o esposo de Ilanna, Renê Trigueiro Caroca, prefeito de São José de Espinharas, que também foi preso, não teve a prisão temporária prorrogada e foi solto.

Fonte CLICKPB


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...