quarta-feira, 28 de setembro de 2016

PF investiga denúncia de compra de votos de candidato a prefeito na PB

Uma denúncia de suposta compra de votos por parte do candidato a prefeito de Sousa, Fábio Tyrone (PSB), levou a Polícia Federal a apreender santinhos, uma mídia eletrônica e R$ 200 do prefeitável. O fato aconteceu na manhã desta quarta-feira (28), em Sousa, no Sertão do estado, a 438 km de João Pessoa. Poucas horas depois dessa apreensão, outra foi feita pela PF em uma ação que achou R$ 3,6 mil em dinheiro com assessores do candidato.

De acordo com o delegado da Polícia Federal, Fabiano Emídio, que coordena as ações da PF na região, duas pessoas o procuraram para denunciar o suposto crime eleitoral. Os eleitores levaram R$ 200, santinhos do candidato e uma mídia, que, segundo os denunciantes, comprovariam a compra de votos.

“Fizemos a apreensão do material e o entregamos à Justiça Eleitoral. Entre os objetos, tinha uma mídia gravada de forma caseira, mas que será analisada. Vamos investigar se houve compra de votos e caso fique configurado, o delegado que sumirá o inquérito deverá agir conforme a Lei”, revelou o delegado.

O caso foi comunicado ao juiz Renan do Valle Melo Marques, da 35ª Zona Eleitoral. O delegado frisou que a Polícia Federal está em ação permanente visando garantir um pleito tranquilo em Sousa e região.

“A Polícia Federal está monitorando crimes eleitorais em todo o estado. Fizemos reuniões com os dois candidatos a prefeito de Sousa e deixamos claro que a PF não vai tolerar qualquer tipo de irregularidade”, avisou Fabiano Emídio.

O advogado Helder Moreira, que faz a assessoria jurídica do candidato, vai acompanhar o andamento do inquérito policial. Ele repudiou qualquer tipo de compra de votos e acredita que o caso não passe de uma "coisa forjada". Moreira avisou que os denunciantes terão que provar o suposto crime eleitoral.

Fonte Portal Correio - Por Hyldo Pereira


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...