terça-feira, 18 de outubro de 2016

40 cidades da PB só elegeram homens e seis prefeitas terão legislativo composto apenas pelo sexo masculino

Segundo levantamento feito com base em dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), a população de 40 municípios da Paraíba decidiu ter prefeitos, vice e vereadores apenas do sexo masculino a partir de janeiro de 2017, em outros seis municípios, as prefeitas eleitas vão enfrentar Câmaras Municipais compostas na totalidade por homens.

As gestoras do Conde; Márcia Lucena (PSB); Barra de Santana, Cacilda (PSD); Coremas, Chaguinha de Edilson (PDT); Diamante, Carmelita de Odoniel (PSDB); Joca Claudino, Doutora Jordhanna (PTB); e de Pilõezinhos, Mônica de Sandro (PSDB), dialogarão com os vereadores em busca de apoio para aprovar os projetos do Poder Executivo Municipal.

O cientista político e professor da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), Ítalo Fittipaldi atribui o baixo número de mulheres na política à questão cultural e à criminalização da política. “Cultural, porque em muitos municípios paraibanos o machismo ainda é predominante. Já no caso da criminalização, há uma generalização de que todos são bandidos, corruptos e desonestos. Então, com tantos adjetivos negativos, muitas mulheres não querem adentrar na vida política”, explicou.

De acordo com o professor, há muitos interesses escondidos por traz da criminalização da política. “A quem interessa essa criminalização, que limita a participação de muitas pessoas que não serem taxadas de bandidas pelo simples fatos de entrarem na política. Isso faz com que o processo democrático se enfraqueça”, afirmou.


Fonte pbagora com TSE


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...