segunda-feira, 31 de outubro de 2016

Ex-prefeito paraibano vai ter que devolver R$ 940 mil aos cofres públicos

A 1ª Câmara do Tribunal de Contas do Estado da Paraíba decidiu, à unanimidade, imputar débito de R$ 940 mil ( valor corrigido resultante da quantia original de R$ 529 mil) ao ex-prefeito de Aroeiras, Gilberto Bezerra de Souza.

A punição é por conta de gastos não comprovados em repasses de recursos do município à Fundação Médico-Hospital durante sete anos – 1997 a 2004. Cabe recurso, ainda, da decisão.

O processo decorre de Inspeção Especial feita pela Auditoria da Corte, a pedido do Ministério Público.

Em Aroeiras, o prefeito eleito no dia 2 de outubro foi Mylton Marques PSDB - 6.269 (51,32%). Gilberto Bezerra (PMDB), que concorreu pela coligação "O Trabalho que Aroeiras Conhece", perdeu as eleições.

A sessão da 1ª Câmara aconteceu nessa quinta-feira (27), sob a presidência do conselheiro Fábio Nogueira, para julgamento de uma pauta de 118 processos em sua 2672ª sessão ordinária. Estiveram presentes os conselheiros Fernando Catão e Marcos Costa, e os conselheiros substitutos Antônio Gomes Vieira Filho e Renato Sérgio Santiago Melo. Pelo Ministério Público de Contas, atuou o subprocurador geral Manoel Antônio dos Santos Neto.

Fonte ascom


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...