segunda-feira, 28 de novembro de 2016

Filho acusado de matar o próprio pai no Vale do Piancpi vai a júri nesta quarta-feira (30)

O Tribunal do Júri de Campina Grande julga nesta quarta-feira, 30/11, a partir das 13h30, o réu Francisco Raimundo de Sales, 42 anos, acusado de matar o próprio pai, João Raimundo Neto, 69 anos, por atropelamento.

O julgamento será na sala da sessão do 1º Tribunal do Júri, à rua vice-prefeito Antônio de Carvalho, no bairro Liberdade, em Campina Grande-PB.

O crime aconteceu no dia 25 de agosto de 2014, no conjunto Mariz, que fica próximo à residência da vítima, em Nova Olinda. Sales como é chamado, é acusado de envolvimento no crime. Ele se encontra preso na cadeia pública de Santana dos Garrotes.

Foonte: AryRamalho

Lembre o caso:

Um fato trágico chocou a cidade de Nova Olinda no começo da manhã desta segunda-feira, 25. O ex-prefeito João Raimundo, de 69 anos, morreu em decorrência de um atropelamento provocado intencionalmente pelo seu próprio filho, Francisco Raimundo de Sales, de 40 anos, segundo a polícia. A ocorrência foi no conjunto Mariz, que fica próximo à residência da vítima.

Conforme informações da Polícia Militar de Nova Olinda, o acusado jogou um caminhão que dirigia sobre um Fiat Uno que era conduzido pelo ex-prefeito. Depois da colisão, o idoso saiu do carro e tentou deixar o local para escapar da fúria do filho, mas foi atropelado por ele. Na companhia de João estava uma criança de 3 anos, que era criada pelo aposentado. O menino permaneceu no interior do veículo que João conduzia e também ficou lesionado.

Segundo o sargento Firmino, comandante do destacamento, João Raimundo teve fratura nas pernas e lesões por várias partes do corpo. O líder político foi socorrido inicialmente para o hospital de Piancó, mas, em decorrência da gravidade das lesões, precisou ser removido para o regional de Patos, onde faleceu. Já a criança não corre risco de morte e se encontra no hospital piancoense.

Após atropelar o pai, Francisco Raimundo fugiu em direção à zona rural do município e abandonou o caminhão em uma estrada do sítio Gato, onde enveredou no mato. O carro já está em poder da polícia e as diligências continuam na tentativa de capturar o acusado. Ainda não se sabe o que motivou a fúria do filho contra o próprio pai.

Filho acusado de matar o pai, o ex-prefeito de Nova Olinda, é preso

Francisco Raimundo de Sales, de 40 anos, acusado de matar o pai, o ex-prefeito de Nova Olinda, João Raimundo, 69 anos, atropelando-o intencionalmente, na manhã da última segunda-feira (25), foi preso na tarde desta quarta-feira (27), na cidade de Itaporanga, pela Polícia Civil.


A ação foi comandada pelos delegados Cristiano Santana e Glêberson Fernandes. Segundo eles, a prisão de Francisco, conhecido por “Sales”, aconteceu no centro da cidade Itaporanga, por volta das 14h, no momento em que ele procurava um advogado para se entregar a polícia.

“Graças à celeridade do poder judiciário de Santana dos Garrotes, pudemos receber um pedido de prisão provisória, expedido pela Juíza Dra. Bárbara, e a partir deste momento iniciamos buscas incansáveis do acusado, para mostrar uma resposta para este caso, que tomou repercussão em todo o Estado da Paraíba”, comentou o Glêberson Fernandes.

O crime

Segundo as informações do destacamento da Polícia Militar de Nova Olinda, o acusado jogou um caminhão sobre um Fiat Uno que era conduzido pelo ex-prefeito. Depois da colisão, o idoso saiu do carro e foi atropelado pelo filho.

Após praticar o crime, Francisco Raimundo fugiu para zona rural do município e abandou o caminhão em uma estrada vicinal do sítio Gato.

Na companhia do ex-prefeito estava uma criança de três anos, que era criada por ele. O menino permaneceu no interior do veículo também ficou lesionado, tendo que amputar um dos braços.

Diamante Online


Fonte AryRamalho


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...