segunda-feira, 7 de novembro de 2016

Oito cidades paraibanas seguem com prefeitos eleitos sub judice

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) ainda deverá julgar sete processos referentes ao deferimento de candidaturas de prefeitos que foram eleitos na Paraíba nas últimas eleições, em 2016. De acordo com levantamento feito pelo ClickPB, até esta segunda-feira (07), os prefeitos eleitos das cidades de Caturité, Massaranduba, Maturéia, Riachão do Poço, Santa Rita, São João do Tigre, São José da Lagoa Tapada e Uiraúna, ainda aguardam a conclusão de seus processos para saber se poderão ou não assumir seus cargos.

Dependendo da decisão do TSE, os prefeitos eleitos sub judice poderão não assumir os cargos e novas eleições podem acontecer nas cidades. Com exceção do candidato eleito em Santa Rita, todos os outros estão com seu registro deferido com recurso.

Ainda estão com registros de candidaturas para serem apreciados no estado, o candidato José Gervásio (PSD), em Caturité; Paulo Francinette (PDT), em Massaranduba; José Pereira, em Maturéia; Maria Auxiliadora (DEM), em Riachão do Poço; José Maucélio (PSB), em São João do Tigre; Claudio Antônio (PSD), em São José da Lagoa Tapada; e o candidato Emerson Panta (PSDB), em Santa Rita - único candidato que está com o registro de candidatura indeferido e com recurso.

Nos outros processos relativos à elegibilidade de prefeitos paraibanos que já foram apreciados pelo Tribunal, ficou decidido pelo deferimento das candidaturas. A partir da reforma eleitoral de 2015, nas cidades em que o candidato que recebeu o maior número de votos tenha concorrido com recurso indeferido deverá acontecer novas eleições.

A candidata da cidade de Riachão do Poço, Maria Auxiliadora, ainda tramita no TSE. Apesar de já ter tido a inelegibilidade afastada e sua candidatura deferida pelo Tribunal, ainda tramita um agravo regimental na tentativa de mudar a decisão.

Os outros processos ainda estão em etapa de distribuição ou aguardando decisões.

Fonte


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...