sábado, 21 de janeiro de 2017

Justiça determina a prisão temporária do suspeito de atropelar agente de trânsito em blitz da Lei Seca

A juíza plantonista Andréa Arcoverde decretou a prisão temporária de Rodolpho Gonçalves Carlos da Silva, suspeito de atropelar o agente de trânsito Diogo Nascimento de Souza, ao fugir de uma blitz da Lei Seca, na madrugada deste sábado (21). A Polícia Civil faz buscas pelo suspeito, que continua foragido.

Em sua decisão, a magistrada destaca que a prisão temporária é de extrema relevância para elucidação do crime e apuração da participação do suspeito.

“Em verdade, o acusado evadiu-se do local do crime sem prestar socorro à vítima, demonstrando a intenção de furtar-se a sua responsabilidade penal pelos fatos praticados. Além do mais, o acusado, em liberdade, poderá destruir provas, dificultando o esclarecimento do crime”, frisou a juíza.

A prisão temporária terá o prazo de 30 dias, prorrogável por igual período. A medida foi solicitada à justiça pela Delegacia de Homicídios da Capital, que investiga o crime.

Rodolpho Carlos conduzia um veículo da marca Porsche, de placa PXB-0909, registrado em nome de Ricardo de Oliveira Carlos da Silva, empresário paraibano do ramo automobilístico e teria atropelado o agente ao fugir de uma blitz da Lei Seca.

O delegado Marcos Paulo Vilela informou que a Polícia Civil faz buscas para prender o suspeito. Ele afirmou que denúncias sobre a localização de Rodolpho Carlos podem ser feitas no Disque Denúncia 197. As denúncias podem ser ser feitas de forma anônima.






Fonte MaisPB




Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...