terça-feira, 31 de janeiro de 2017

Preso por matar jovem patoense diz que cometeu crime por ciúme, afirma PM

A Polícia Militar prendeu Ronaldo Silva dos Santos, identificado como o homem que matou a maquiadora Sabrina Cirino Rodrigues, de 27 anos, no bairro de Manaíra, em João Pessoa.

O acusado confessou o crime e disse ter matado a companheira por ciúmes. O casal morava junto há seis meses, de acordo com o capitão Antônio de Souza, do 1º Distrito Integrado de Segurança Pública (Disp) de Manaíra.

Sabrina era natural de Patos e morava em João Pessoa, onde trabalhava como maquiadora. A vítima foi morta a facadas na noite de quinta-feira (26), na Avenida Maria Maria Rosa, após uma discussão.

A mulher foi socorrida pelo Samu e encaminhada para o Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa. Ela deu entrada na unidade na madrugada de sexta, de acordo com o boletim médico, mas não resistiu aos ferimentos.

Ainda conforme a PM, o suspeito desconfiou que Sabrina queria terminar a relação e, “para que ela não fosse de mais ninguém”, resolveu matá-la. Ainda segundo a polícia, ele tinha comportamento violento durante todo o relacionamento.

O homem foi preso no Centro, em João Pessoa, nesta sexta-feira (27), e foi levado para a Delegacia de Homicídios, na Central de Polícia, no bairro do Geisel, na capital. A polícia conseguiu localizar a arma e as roupas que o suspeito usava na hora do crime.


Fonte Luanja Dantas -


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...