quarta-feira, 1 de fevereiro de 2017

Após operação da polícia, duas funcionárias de copiadoras são detidas por xerografar livros na cidade de Patos

O delegado Alarico Rocha, da Polícia Civil, comandou, nesta quarta-feira, dia 01, uma operação na cidade de Patos para coibir a prática criminosa da cópia de livros. A operação foi baseada na Lei 9610/98, que proíbe reprodução integral para uso pessoal ou com intenção comercial de livros, baseado na Lei dos Direitos Autorais.

Pelo menos duas copiadoras localizadas nas imediações das Faculdades Integradas de Patos (FIP) foram alvo da operação. Nas copiadoras foram encontrados material já xerografado de livros, arquivos em PDF para impressão, além de livros completos copiados e encadernados.

De acordo com informações, duas funcionárias foram detidas e levadas para a Delegacia de Polícia Civil (DPC) pela prática. As funcionárias prestaram esclarecimentos, assinaram o termo circunstanciado, pagaram fiança estipulada e foram liberadas mediante acompanhamento de advogados das empresas.

As denúncias foram feitas por representantes de editoras que estão se sentindo prejudicadas pela prática de xerografia de livros. De acordo com relatos, operação terá continuidade na cidade de Patos.


Fonte Jozivan Antero – Patosonline
imagem meramente ilustrativa



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...