terça-feira, 28 de fevereiro de 2017

Raio causa danos no Bairro Salgadinho, em Patos

Os moradores do Bairro do Salgadinho se assustaram na noite desta segunda-feira, dia 27, por volta das 18:50, quando um fortíssimo raio atingiu a localidade e só não causou mortes por conta do para-raios instalado num edifício conhecido como “Prédio da Juíza”.

Lâmpadas foram queimadas, o clarão fez a noite “tornar-se dia” por um segundo. O susto foi grande e a intensidade da luz foi vista em vários pontos do bairro e o trovão que veio depois foi de uma altura ensurdecedora.

Não temos informações ainda de danos materiais nas residências, se aparelhos eletrônicos foram queimados, mas muitos moradores disseram que tiveram suas lâmpadas queimadas, inclusive o artista plástico Júnior Misaki, que informou que lâmpadas da sua residência foram queimadas e que nunca ouviu barulho tão estrondoso em sua vida. “Minha mãe tem 78 anos, meu pai é agricultor tem 70 e nunca tinham passado por isso”, disse Misaki.

Um cidadão que mora vizinho ao pintor Júnior Misaki disse que teve a impressão que o raio caiu em cima do carro dele. “O susto foi grande quando vi aquela claridade toda na minha frente, e o trovão depois me deixou com o coração na mão. O que nos salvou foi o para-raios do Prédio da Juíza”, disse ele.

O jornalista Wandecy Medeiros, editor do site Folha Patoense, e que mora no Salgadinho, postou o seguinte na sua conta pessoal no Facebook: “Vi a noite tornar-se dia. Por um segundo, mas vi. O relâmpago que caiu aqui no Salgadinho só não fez vítimas fatais por conta do para-raios instalado num prédio local. Foi fogo pra todo lado. E o trovão que veio depois era superior a 300 milhões de vuvuzelas. O bairro todo está assustado! ”.

Os moradores ficaram muito assustados, pois os relâmpagos continuaram fortes.





Fonte
Folha Patoense
Edição: Jozivan Antero
Imagem Google



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...