sexta-feira, 10 de março de 2017

Delegado de Santa Luzia finaliza inquérito sobre o duplo homicídio ocorrido no último sábado

O delegado da Polícia Civil, Clenaldo Queiroz, responsável pela investigação das mortes de Francisco de Assis da Nóbrega Júnior e de Jamil Lucena Nóbrega, encaminhou à justiça, nessa sexta-feira, 10, o inquérito sobre o caso ocorrido na tarde do último sábado, 04, em Santa Luzia.

Uma terceira pessoa, Fernando Patrício Ferraz, conhecida como Macaquinho, envolvida nos crimes, já se apresentou com o advogado para dá explicações sobre o que está sendo apurado. Por telefone, o delegado Clenaldo Queiroz conversou com o repórter Airton Alves, e confirmou o envio do inquérito à justiça.

“Já estou concluindo e remetendo hoje à justiça ao Fórum de Santa Luzia porque as investigações já estão todas finalizadas. E o que ficou apurado foi que a confusão que houve lá no Bar em que o Júnior estava bebendo e que Jamil chegou posteriormente armado, em seguida atirou em Júnior e Júnior entrou em luta corporal com ele. Caíram os dois depois de baleados e o Jamil continuava de arma em punho. O amigo de Júnior, Fernando, tomou a arma da mão de Jamil e atirou contra ele e, em seguida, jogou a arma ao lado do Bar em um terreno baldio, e deixou o local”, explicou.

Em depoimento, Fernando Ferraz confirmou que Jamil chegou ao Bar já embriagado e pediu para sentar à mesa de Júnior, mas que Júnior havia pedido para ele guardar a arma ou se retirasse para outra mesa. Como Jamil estava embriagado, ele não aceitou a condição de Júnior dando início a confusão.

Segundo o delegado, após o envio do inquérito, a justiça irá determinar se Fernando Ferraz irá a júri a respeito desse crime.


Fonte por Acilene Candeia (patosverdae) com Airton Alves


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...