segunda-feira, 24 de abril de 2017

Justiça determina prisão preventiva contra suspeitos de estupro coletivo na PB

A Justiça determinou a conversão de prisão em flagrante para prisão preventiva dos três homens presos suspeitos de participação no crime de estupro coletivo de uma jovem de 24 anos na cidade de Pombal, no Sertão da Paraíba, a 371 km de João Pessoa, na noite dessa sexta-feira (21).

Com a decisão, o trio segue preso por tempo indeterminado até o término das investigações. De acordo com o delegado da 19ª Seccional, Sylvio Rabelo, a vítima foi encontrada pela própria mãe, apresentando diversos ferimentos.

“A vítima estava bebendo na residência de um dos suspeitos, quando em determinado momento, de certo com o efeito da bebida, adormeceu. Foi quando os acusados aproveitaram da situação debilitada da jovem e cometeram o estupro coletivo, inclusive com duração de horas”, afirmou o delegado.

Os suspeitos foram autuados em flagrante e responderão pelo crime de estupro coletivo. Eles foram encaminhados para o presídio da cidade de Pombal, onde ficarão à disposição da Justiça.


Fonte portalcorreio


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...