segunda-feira, 22 de maio de 2017

Mulher é acusada de maus-tratos a animais na Rua Alto Casteliano, em Patos

A engenheira florestal Jordânia Xavier e a bióloga e professora Laizy Paiva, residentes na Rua Alto Casteliano, no Bairro Santo Antônio, em Patos, estão denunciando um caso de extrema crueldade contra animais.

Segundo Jordânia Xavier, uma senhora, que é moradora da mesma rua, enxotou de casa um cachorro que ela criava há muito tempo. O animal, acostumado a viver em casa, passou a viver na rua, passando fome, frio e sede. O cão fica chorando na porta da casa da ex-dona dele, e isso durante todo o dia, debaixo de sol e chuva. A mulher não permite que ele entre.

O abandono do animal sensibilizou os moradores da localidade. O cachorro, desorientado nas ruas, acabou atropelado, tendo um osso fraturado, e recebeu os cuidados de uma moradora da localidade. Mesmo doente, o cão ainda resiste na porta da casa de onde o expulsaram. “Minha mãe e outra vizinha o alimenta, tentam ajudá-lo da forma que pode”, disse Jordânia.

Ontem (domingo, 21/05), como quem pede socorro, o cachorro estava entrando nas residência e sendo expulso, quando um fato gerou revolta nos moradores e provocou uma discussão entre eles.

A senhora acusada de abandonar o animal começou a reclamar dos moradores que o estavam ajudando e, no meio da discussão, que começou a ficar mais agressiva, ela foi até a porta da residência da engenheira Jordânia Xavier, pegou um gato de rua e o arremessou no chão de forma violenta. O gato, que vivia nas calçadas e era alimentado pela mãe da denunciante, afundou o crânio, teve convulsões e, depois de muito agonizar, morreu.

As denunciantes não informaram o nome da mulher acusada dos citados maus-tratos, mas estão levando o caso ao Ministério Público.







Fonte Folha Patoense


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...