quinta-feira, 4 de maio de 2017

Profissão Repórter aborda seca no interior da Paraíba; Reveja programa na íntegra

A pior estiagem dos últimos 100 anos foi destaque no Profissão Repórter da última quarta-feira (3). A turma comandada pelo jornalista Caco Barcelos veio ao Nordeste acompanhar a seca realidade dos sertanejos e as esperanças com a chegada das águas do Rio São Francisco.

A reportagem mostrou a triste história de Montadas, cidade de cinco mil habitantes do Agreste da Paraíba, que vive uma situação de colapso. A água é distribuída gratuitamente três vezes por semana pelo Exército em um programa antigo do governo federal no combate à seca. Há quatro anos não se abre a torneira, mas há quem lucre. O comerciante César Costa, por exemplo, vende o tambor de mil litros por 40 reais e o de 250 litros por 10. No final, ele ganha 12 mil reais por mês. Se voltar a chover, César perde a renda.

Já em Monteiro, a água da transposição chegou com festa entre os habitantes da região. A água viaja 217 km de Pernambuco até lá, onde é liberada para o Rio Paraíba, que cruza o estado e abastece 30 cidades. Mas, cinco dias depois da liberação, o abastecimento nas casas ainda é irregular. A Cagepa informou que faltam equipamentos que façam o bombeamento necessário para a água chegar às torneiras das casas.

Click aqui e confira o programa na íntegra

Fonte


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...