quarta-feira, 28 de junho de 2017

Chuvas colocam 83 cidades paraibanas em perigo potencial, diz Alert-AS

Oitenta e três municípios da Paraíba, entre as quais a Capital, estão na zona de perigo potencial por causa das chuvas que atingem o estado. A alerta é do Centro Virtual para Avisos de Eventos Meteorológicos Severos para o Sul da América do Sul (Alert-AS).

Conforme o Centro, há perigo nas cidades de Solânea, São José dos Ramos, São Miguel de Taipu, São Sebastião de Lagoa de Roça, Tacima, Umbuzeiro, Santa Cecília, Santa Rita, Sapé, Serra da Raiz, Serra Redonda, Serraria, Sertãozinho, Sobrado, Pitimbu, Queimadas, Remígio, Riachão, Riachão do Bacamarte, Riachão do Poço, Rio Tinto, Salgado de São Félix, Mulungu, Natuba, Pedras de Fogo, Pedro Régis, Pilar, Pilões, Pilõezinhos, Pirpirituba, Lucena, Mamanguape, Marcação, Mari, Massaranduba, Mataraca, Matinhas, Mogeiro, Itatuba, Jacaraú, João Pessoa, Juarez Távora, Juripiranga, Lagoa de Dentro, Lagoa Seca, Logradouro, Esperança, Fagundes, Gado Bravo, Guarabira, Gurinhém, Ingá, Itabaiana, Itapororoca, Casserengue, Conde, Cruz do Espírito Santo, Cuitegi, Cuité de Mamanguape, Curral de Cima, Dona Inês, Duas Estradas, Belém , Borborema, Caaporã, Cacimba de Dentro, Caiçara, Caldas Brandão, Campina Grande, Capim, Araruna, Araçagi, Areia, Aroeiras, Bananeiras, Barra de Santana, Bayeux, Baía da Traição, Alagoa Grande, Alagoa Nova, Alagoinha, Alhandra, Arara.

Em Bayeux, a Defesa Civil do município está em estado de alerta desde a madrugada desta quarta-feira (28), trabalhando no monitoramento das áreas de risco e de alagamentos, além de acompanhar o nível do Rio Paraíba.

Em Bayeux, o volume de chuvas registradas nas últimas 24 horas foi de 38 mm, sendo 13 mm apenas na manhã de hoje.

A Defesa Civil de Bayeux disponibilizou o número 3253-4181 caso a população precise entrar em contato com o órgão.

Confira as orientações do Alert-AS para as áreas de risco:

Coloque em lugares altos seus móveis e utensílios (bem protegidos);

Desligue aparelhos elétricos, quadro geral de energia;

Se observar rachaduras nas residências, procure abrigos municipais;

Se identificado rachaduras no terreno, coloque lona plástica para evitar que a água infiltre nas rachaduras;

Obtenha mais informações junto à Defesa Civil (telefone 199) e ao Corpo de Bombeiros telefone 193).



Fonte clickpb


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...