sexta-feira, 2 de junho de 2017

Operação Caça Fantasmas intensificará combate à sonegação de impostos e lavagem de dinheiro no sertão.

Dr. Uirassu Medeiros, do Ministério Público Estadual da Paraíba e gestor da Operação 'Caça Fantasmas', realizada com o objetivo de combater crimes como sonegação de impostos e lavagem de dinheiro, falou a reportagem sobre alguns detalhes dessa iniciativa.

“Na verdade, o projeto é inserido dentro da sistemática do planejamento estratégico do Ministério Público, na tentativa de padronizar a atuação do órgão em âmbito estadual”, disse.

Segundo ele, em se tratando especificamente do projeto Caça Fantasma, este se relaciona diretamente ao combate à corrupção, com o objetivo de desvendar empresas e pessoas jurídicas consideradas instrumentárias, ou seja, pessoas que estão inseridas no meio jurídico, mas que não existem na realidade.

“São pessoas que participam de licitações junto ao poder público, porém, não possuem capacidade operacional para executar os contratos celebrados pelo poder público”, esclareceu.

A fiscalização já tem início com base nos dados e informações repassados pelo Ministério Público, listando algumas das empresas que possuem indícios fortes de serem empresas instrumentárias e fraudulentas com o intuito de fraldar licitações.

Dentro dessa proposta, o Ministério Público deseja desvendar, revelar e responsabilizar juridicamente essas pessoas.

Medeiros ainda afirmou que no sertão e alto sertão da Paraíba exista cerca de 30 a 40 empresas que exigem uma fiscalização apurada devido os indícios já encontrados pelo Ministério Público.



Fonte Patosonline




Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...