segunda-feira, 17 de julho de 2017

Polícia procura vereador acusado de agressão

O vereador Edielson Pinicaca, ex-presidente Câmara Municipal de São Mamede, Sertão paraibano, a 283 km de João Pessoa, está sendo procurado pela polícia.

Edielson é acusado de agredir verbal e fisicamente o ex-vereador Flaviano Bento de Morais, “Flávio Bento”, 57 anos.

Após as agressões o vereador fugiu. Flávio Bento, que prestou queixa à polícia, se submeteu a exame corpo de delito no qual foram constatadas várias lesões.

De acordo com o portal Patos verdade, a vítima disse que estava na casa de sua mãe com familiares e amigos quando foi surpreendida pelo vereador que, de dentro de seu veículo, ficava buzinando e proferindo palavras de baixo calão, e em seguida o agrediu fisicamente.



Fonte ClickPB



VEJA A VERSÃO DO EX-PRESIDENTE, ENVIADA A IMPRENSA


Ex-presidente Câmara de São Mamede apresenta sua versão sobre fato ocorrido no último dia 15

O vereador Edielson Pinicaca, ex-presidente Câmara Municipal, em contato com nossa equipe de reportagem, informou que em nenhum momento ficou foragido e que ao tomar ciência de que a polícia estava a sua procura para prestar esclarecimentos, de imediato ligou para o celular que fica com o comando e comunicou que estava na delegacia aguardando os mesmos. EM nota, Edielson explicou sua versão do ocorrido e pediu desculpas aos amigos e correligionários.

Nota de esclarecimento:

Por volta das 16:00hs do dia 15 do corrente mês, estava eu e alguns amigos reunidos no quiosque do amigo Salada nos confraternizando e sempre que eu ia ao banheiro ouvia uns assobios que vinha em minha direção e em seguida alguém soltava um rojão em nossa direção, percebi que vinha da casa do senhor Edson, ao perceberem que eu estava sentindo-se incomodado com tal chateação eles aumentavam ainda mais os insultos. Ao sair do quiosque de Salada, fui até a frente da casa do senhor Edson para saber porque tantos insultos dirigidos a minha pessoa, ao parar o carro saiu o senhor Flávio Bento e seu irmão Edson de dentro da residência, permaneci dentro do carro e perguntei aos mesmos o porque das chateações a mim dirigidas, o senhor Flávio Bento ficou irritado e falava que eu tivesse cuidado pois poderia acontecer algo comigo, e quis desferir um soco na minha pessoa. Para mim defender segurei o braço do mesmo, como ele tem um pele muito sensível, pois a própria foto que ele postou mostra isso, deve ter pego a minha unha no braço dele e ter causado o ferimento, e o mesmo deu vários socos na lateral do carro.

Quem mim conhece sabe muito bem da minha índole e do meu caráter, nunca fui de confusão e de briga, mas ao ver meu filho que estava comigo dentro do carro chorando, não poderia deixar que alguém atingisse a minha honra nem de minha família. Peço desculpas aos Meus amigos e correligionários por tal ato, mas não dar mais para aguenta tantas chateações.




Fonte: Patos Verdade - por Acilene Candeia

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...