sábado, 19 de agosto de 2017

Após polêmica, OAB/PB decide exonerar advogado da Comissão dos Direitos Humanos. Veja a decisão e o vídeo do embate

O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Paraíba (OAB/PB), Dr. Paulo Antônio Maia e Silva, publicou na tarde desta sexta-feira, dia 18, a portaria número 77/2017, que traz a exoneração do advogado Dr. Corsino Peixoto como membro da Comissão de Direitos Humanos da entidade.

A decisão do presidente pode ter sido ocasionada após as declarações polêmicas do Dr. Corsino Peixoto sobre o agressor da senhora Maria José Caiana Monteiro, 38 anos, que foi espancada pelo seu namorado Marileudo da Silva Arruda. Corsino considerou as lesões como leves e que o agressor foi liberado por que a lei o deu esse direito, mesmo contra a opinião pública.


Na manhã desta sexta-feira, dia 18, houve discussão no programa Café Quente, levado ao ar pela Rádio Espinharas FM/AM, apresentado pelo jornalista Abrantes Júnior. O clima esquentou após o apresentador acusar o advogado Dr. Corsino Peixoto de defender bandido. Corsino acusou a imprensa de espetacularização do caso e de não esclarecer bem o fato. Isso causou indignação ao jornalista que chegou a determinar o desligamento do microfone do advogado.

Na noite desta quinta-feira, dia 17, durante o programa Polêmica, ás 18h00, Corsino também foi criticado pelos ouvintes e respondeu as indagações. O fato ganhou repercussão no site de notícias Patosonline e na imprensa estadual.

Corsino se posicionou no grupo de WhatsApp Ponto Crítico e disse: “...acredito que pela repercussão das entrevistas no caso da mulher agredida e pela pressão social. Mas não mudo uma palavra do que falei, pois entendo ser o correto”.

O advogado Dr. Alisson chegou a comentar: “Se alguém quer que esse cidadão seja punido, então torça para ele ter advogado durante todo o processo, pois se isso não ocorrer ele jamais será punido. Corsino fez o trabalho dele com competência, agora a discussão sobre as leis de nosso país já é outra história”.

O advogado Dr. Taciano Fontes também comentou, dizendo: “Na verdade, eu acho que o amigo Corsino foi tão veemente na defesa do agressor que deu a transparecer que a OAB compactua com a agressão e isso não foi bem visto na Seccional”





Fonte Jozivan Antero - Patosonline


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...