quinta-feira, 24 de agosto de 2017

Aposentada que criava 13 animais silvestres é autuada

Uma aposentada de 77 anos foi autuada em flagrante na quarta-feira (23) por crime ambiental. Segundo informações da Polícia Ambiental, a idosa criava 13 animais silvestres em cativeiro de forma ilegal. Ela foi autuada administrativamente e multada em R$ 6,5 mil. O flagrante aconteceu no bairro do Velame, em Campina Grande.

De acordo com major Lucas, comandante do Batalhão de Polícia Ambiental da Paraíba (BPAmb), o Pelotão Ambiental sediado em Campina Grande, chegou à residência da aposentada após uma denúncia anônima.

“Ao comparecerem ao local indicado, onde reside uma aposentada, os militares constataram que havia 12 aves, sendo um carcará, um maroca, uma corda negra, um concriz, três golados, três galos de campina, em sabiá e um tico-tico. Ainda, para surpresa dos policiais, foi encontrado um macaco-prego numa gaiola, o que representa risco à saúde humana, pois esse animal pode transmitir doenças graves, como a raiva, que pode levar à morte.”

Ocorrência

A ocorrência foi atendida pela guarnição do BPAmb composta pelo 3° Sgt Diego, 3° Sgt Silva, Cb Felipe e Sd Natália, que não conduziu a aposentada à Delegacia da Polícia Civil devido a situação de saúde da infratora.

“A proprietária do imóvel foi enquadrada no Decreto Federal nº 6.514/08 (que regulamenta a Lei Federal de Crimes Ambientais). O Ministério Público (MPPB) será informado para outras providências quanto ao caso, já que devido à situação precária da anciã, a equipe policial achou melhor não conduzi-la à delegacia”, explicou o comandante.

Segundo major Lucas, os animais resgatados serão encaminhados para o Centro de Triagem de Animais Silvestres (Cetas) do Ibama, onde cada animal é identificado, marcado, recebe atendimento médico-veterinário e cuidados necessários até que possam ser devolvidos à natureza ou encaminhados para outros locais adequados caso não tenham possibilidade de soltura.

Lei

De acordo com a Lei Federal nº 9.605, de 12 de fevereiro de 1998, e o Decreto Federal nº 6.514, de 22 de julho de 2008, manter animal silvestre da fauna brasileira em cativeiro é crime passível de detenção, além de processo administrativo.

Denúncia – A Polícia Militar Ambiental atende denúncias de crimes ambientas através do CIOP (190) ou pelo telefone 3218-7222. Em Campina Grande o contato do Pelotão Ambiental é 3339-2817.






Fonte maispb


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...