segunda-feira, 21 de agosto de 2017

Paraíba tem segunda cidade mais dependente do Bolsa Família do Brasil

As 30 cidades que mais dependem do Bolsa Família no Brasil recebem 0,90% do total gasto pelo governo federal no programa em todo o país. Em julho de 2017, a conta do programa somou R$ 2,3 bilhões no Brasil inteiro, dos quais R$ 20,8 milhões foram destinados a esses municípios.

Para essas cidades do Norte e Nordeste – sobretudo no Maranhão, que tem 15 municípios nessa lista – a ajuda é necessária. Ali, o valor médio do benefício recebido pelas famílias é de R$ 295,85 – a média nacional é de R$ 181,39.

Em comum, todas essas cidades são pequenas – a maioria tem menos de 10 mil habitantes – e as famílias recebem benefícios médios que variam entre R$ 226,57 e R$ 380,23. O gasto per capita – que considera o valor total gasto pelo governo federal com o Bolsa Família dividido pelo número de habitantes – fica entre R$ 58,38, na cidade de Presidente Sarney, no Maranhão, até R$ 84,45, em Junco do Maranhão.

A cidade Junco do Maranhão é a que possui o maior gasto per capita do Bolsa Família no Brasil. O município tem 3,3 mil habitantes e 893 famílias recebem algum tipo de ajuda do programa. O total gasto na cidade é de R$ 281,2 mil e o benefício médio dessas famílias é de R$ 314,92.

O maior valor de benefício médio pago às famílias que estão no Bolsa Família é da segunda cidade mais dependente do Bolsa Família, Algodão de Jandaíra, na Paraíba. Ali, as 522 famílias que estão no Bolsa Família recebem, em média, R$ 380,23 do programa – o gasto per capita na cidade de 2,4 mil habitantes é de R$ 79,77.

As cidades mais dependentes

Veja quais são as 30 cidades que mais dependem do Bolsa Família no Brasil




Fonte Gazeta do Povo


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...