terça-feira, 31 de outubro de 2017

Justiça da Paraíba cassa mandado de prefeito e vice e determina novas eleições

O prefeito e o vice de Bananeiras, respectivamente Douglas Lucena e Guga Aragão, tiveram seus mandatos cassados nesta terça-feira (31) pelo juiz da 14ª Zona Eleitoral, Jailson Shizue Suassuna.

O magistrado também determinou novas eleições no município. A decisão cabe recurso e os gestores ainda podem responder ao processo no mandato, caso o Tribunal Regional Eleitoral (TRE-PB) acate liminar.

Trata-se de uma Ação de Impugnação de Mandato Eletivo (Aime), onde Douglas e Guga são acusados de suposta prática de abuso de poder econômico, de autoridade e compra de votos nas eleições de 2016.

Os documentos utilizados pelo autor para comprovação das acusações contra o gestor reeleito são empenhos, recibos e várias outras provas de suposta prática de crime eleitoral. O processo tem 33 volumes e só os memoriais tem 161 laudas.

O processo foi impetrado pela coligação 'Por Bananeiras, tudo', formada pelo PMDB, PSC, PTB, PR, PSDB, PSL (Livres) e PP, e encabeçada pelo 2º colocado nas eleições, Matheus Bezerra.

Douglas foi reeleito prefeito de Bananeiras em 2016 com 6.779 votos contra o seu então vice-prefeito Matheus Bezerra, que obteve 6.412 votos.

Ele disse ao Correio Debate da 98 FM da Rede Correio Sat que vai recorrer, que acredita na Justiça Eleitoral e que existem interesses que querem interferir nos processos. O gestor não disse quais seriam esses interesses e negou que tenha cometido qualquer crime.

"Nos causa muita estranheza que uma sentença que sequer foi publicada ganhe divulgação em larga escala. Vamos recorrer. Não encontramos nos autos nenhuma prova documental, nenhuma testemunha que comprove que recebeu algum benefício no ano eleitoral em troca de voto".





Fonte Portal Correio - Por Nice Almeida


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...