terça-feira, 19 de dezembro de 2017

Comissão da OAB-PB denuncia secretário de prefeitura que chutou cachorra

Uma comissão de Direito Animal da Ordem dos Advogados do Brasil Seccional Paraíba (OAB-PB) fez uma denúncia contra o secretário de planejamento da prefeitura de Caraúbas, Eduardo Belo, filmado chutando uma cadela durante a gravação de um filme natalino. Além da queixa na Polícia Civil, a comissão, juntamente ONGs de proteção animal, formalizaram uma denúncia contra o funcionário público no Ministério Público em São João do Cariri no objetivo de moverem uma ação civil pública.

O secretário de Planejamento da Prefeitura de Caraúbas, no Cariri da Paraíba, foi filmado agredindo a cadela durante a gravação da apresentação de um coral de natal, realizado na cidade no dia 14 de dezembro. O vídeo (veja acima) divulgado nas redes sociais pela ONG paraibana Harmonia de Proteção Integrada dos Animais e do Meio Ambiente (Harpias) mostra Eduardo Belo chutando o animal quando ele se aproxima de um presépio montado pela administração do município.


De acordo com Alick Farias, que integra a comissão de Direito Animal da OAB-PB e faz parte da ONG Adota JP, ela e a protetora Andréia Medeiros, da ONG Missão Patinhas Felizes, resgataram a cadela agredida. O animal batizado de neguinha tem uma dona, que costuma colocar comida, mas é criada na rua.

"A cadela foi resgatada e está sob cuidados veterinários em João Pessoa. Ela está com um quadro clínico de anemia e com uma infecção no útero. Fomos informados que ela deve passar por cirurgia em breve, mas estamos trabalhando para reabilitar a cachorra", explicou Alick Farias que foi até Caraúbas realizar o resgate.

O dono da cadela não foi revelado pelas ONGs para evitar possíveis represálias por parte do poder público. Após a divulgação do vídeo, a Prefeitura de Caraúbas emitiu uma nota oficial sobre o episódio. De acordo com a nota, o vídeo que mostra a agressão foi feito durante a gravação de um VT institucional e foi divulgado com o objetivo de prejudicar a imagem da gestão municipal.

“Os fatos não retratam a realidade e a conduta do secretário, que agiu por impulso e não com objetivo de agredir o animal que não fazia parte da cena. Como não havia no local equipe de apoio, o secretário agiu rapidamente e por impulso tentou retirar do local o animal”, afirmou em nota da prefeitura.




ENTENDA O CASO:

Vídeo que mostra secretário chutando cachorro em festa viraliza na internet. Assista





Fonte G1 PARAIBA


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...