domingo, 3 de dezembro de 2017

Mais de 70 aves silvestres vendidas ilegalmente são resgatadas em Catolé do Rocha, na PB

Duas pessoas foram detidas e 72 aves silvestres foram resgatadas durante uma ação de combate ao comércio ilegal de animais silvestres feito pela Polícia Militar Ambiental na feira central do mercado público em Catolé do Rocha, no Sertão paraibano, no sábado (2). Juntas, as multas aplicadas às pessoas suspeitas somam R$ 66,5 mil.

A ação aconteceu após a polícia receber denúncias de crimes ambientais realizados no local. Ao chegar na feira, a polícia identificou um homem de 42 anos flagrado com 56 aves. Ele foi multado em R$ 56 mil pelo crime de comércio ilegal de animais silvestres.

Ainda na região da feira, em uma casa próximo ao mercado, a polícia encontrou 12 aves mantidas em cativeiro, sem licença ambiental, na casa de uma mulher de 37 anos. Ela foi multada em R$ 10,5 mil, uma vez que uma das aves achada na casa, um anumará, está na lista de animais em extinção. Além destas aves, ainda foram achadas outras quatro abandonadas na feira.

As pessoas foram detidas pela polícia e levadas para prestar depoimento na delegacia de Catolé do Rocha. Os animais, entre papa-capins, galo de campina, golado, concriz, cancão, papacu, periquitos da terra, azulão e anumará, vão ser levados para o Centro de Triagem de Animais Silvestres (Cetas), onde vão receber cuidados e em seguida serem reintegrados à natureza.





Fonte G1 PARAIBA



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...