segunda-feira, 2 de abril de 2018

Comerciante pode ter sido morta por causa de dívida em Patos; Diz delegado

O delegado Gaudêncio Neto, da Delegacia de Homicídios e Entorpecentes de Patos, no Sertão paraibano, disse nesta segunda-feria (2), em entrevista ao Patosverdade que a comerciante Josefa Almeida de Oliviera, que tinha 48 anos de idade, foi assassinada por causa de uma dívida da filha dela com o suspeito do crime, Thiago Barbosa da Silva (foto), 27 anos.

O fato aconteceu na tarde do último domingo, dia 25 de março, na Vila Cavlante, na 'Morada do Sol'. "Zefinha", como era mais conhecida a vítima, foi morta com vários tiros na cabeça. O delegado descartou o envolvimento dela com o tráfico de drogas.

Thiago foi preso na manhã deste domingo (1), por policiais da Delegacia de Homicídios e Entorpecentes/Grupo Tático Especial, policiais militares do Serviço de Inteligência e da Rotam do 3º BPM, que cumpriram mandados de busca, apreensão e prisão.

De acordo com o delegado Gaudêncio Neto, contra Thiago Barbosa também havia um mandado de prisão em aberto por um crime de roubo em 2005. A autoridade policial dá detalhes de como a polícia chegou ao suspeito. Ouça:







Fonte por Airton Alves - patosverdade


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...